Translate - Traduzir

Palavras ditas por Buda (Gautama), há mais de 2500 anos... E ainda hoje são atitudes que precisamos tanto ouvir!! Não acredite em tudo sem analisar!!

Pesquisar neste blog (Coloque palavras chave)

terça-feira, 8 de março de 2011

Introspecção iluminada

Andaram me perguntando sobre qual o motivo de eu estar "sumida" da net, do blog etc...
É uma verdade que a minha conexão com a internet está precária pelos motivos que todos vocês que me acompanham já sabem e que meu tempo se encurtou com o meu trabalho também; porém por esse tempo posso dizer, igualmente, que estou dentro de minha conchinha individual, pessoal e intransferível. (Todos nós temos essa "conchinha") todos nós adentramos nela em algum tempo.
Estou mais para observar do que para ser observada;
Estou mais para aprender do que para ensinar;
Estou mais para as buscas do que para as revelações;
Buscar e aprender mais, para assim ter mais o que poder compartilhar com todos, e , somente com essas "paradas" é que conseguimos ter esse ar iluminado para poder vivenciar e depois ter a "história a se contar" daquilo que se "experimentou".
Estou numa introspecção iluminada do meu EU pessoal no que sou e no que creio.

Têm momentos na vida que quando se caminha, é preciso dar uma parada, olhar para os lados, respirar com tranqüilidade e ver se continua na mesma rota ou se altera-a.

Por alguns anos estive na mesma nau e agora me vejo desejosa de novos mares; Conhecidos, é verdade, porque a minha rota é uma só; porém a forma de navegar é mutável para mim de tempos em tempos - como uma boa escorpiniana que sou.

- No campo espiritual, busco sempre estar "antenada" com a evolução e disso jamais abro mão, uma vez que vim à esse planetinha azul com essa missão e essa é "uma das linhas" que fazem parte de minha essência divina;
- No campo familiar e social, procuro sempre despertar as pessoas à minha volta para a individualidade de seus atos, onde NINGUÉM responderá por eles a não ser a própria pessoa e, como posso, vou traçando um "plano de cura" com cada alma que passa por mim e vou aprendendo juntamente a elas num "orar e vigiar" constante;
- No campo amoroso experimento TODAS as portas que me são abertas, pois cada um é um aprendizado; Hoje de forma mais equilibrada nos entendimentos, porém desequilibradas nas escolhas (porque meu cupido deve ter tomado todas e ser um drogado incorrigível rs) Só encontro "filhos" no caminho e acabo sendo mais terapeuta deles do que namorada rs... Isso até me diverte, mas também entedia. (Coisas de escorpiniana que é 8 ou 80... Logo desisto do relacionamento amoroso e parto para o relacionamento "amistoso" rs)
Por ser uma mulher independente, (e gostar muuuuiiito dessa independência - trago aquário no meu mapa do casamento!) levo de boa tudo isso, pois a vida me proporciona muitas coisas mais alternativas do que estar "casada"; A mulher de hoje em dia está entendendo que estar com alguém, não precisa necessariamente "morar" com esse alguém.
Por não ter "ciúme", muitos me cobram um amor que não sei ter... Sou desgarrada desses tipos de sentimentos inferiores e valorizo mais o companheirismo, as trocas, a sinceridade, o bom conviver, a liberdade de ação. Não consigo conceber que estar junto seja uma prisão. (E olha que sou escorpião com ascendente em leão e uma lua ariana com muitos perfis virginianos, capricórnianos e sagitarianos!!! - Bem que costumo dizer que signo não conota perfil de ninguém, pois muita coisa vai sendo transmutado com os aprendizados que passamos e situações que vivenciamos, muita coisa negativa conseguimos transmutar e muitas coisas positivas vamos aperfeiçoando-as também para essa perfeição de equilíbrio dos dois pólos)

Me vejo numa introspecção iluminada por esses tempos:

O que eu podia fazer para despertar alguns , eu fiz, o resto é com eles; e agora é o MEU momento de reciclagens;
Do ano passado para esse, viajei muito e muita coisa eu fui experimentando e vivendo intensamente e agora mereço o meu tempo de reclusão para ver onde mais posso melhorar, o que mais tenho de melhor em mim para doar e, para essa doação, preciso estar constantemente indo na fonte e, para "ir nessa fonte" essa "interiorização" se faz necessária.

Sobre tudo isso,desejo compartilhar:

É tempo d acabar, só assim se pode recomeçar,
um ciclo, um futuro.
É tempo de dar... tempo de deixar os sobressaltos
de momentos enrugados e plácidos...
Hoje acreditei no q sei,
senti a força interior q transmite esplendor,
é a paz q se aproxima, não sei se acabou...
não sei se começou... nada sei, a não ser que estou feliz.
(Sinto q mais felicidade se aproxima).
Acredito, medito na ação reflexiva q minha alma exorta
na mudança do horizonte q os olhos não aconchegam
mas, que o espirito bebe.



Um comentário:

Sonia Beth disse...

Seja bem vinda ;o)

Compartilhe e adcione:

SABEMOS SOBRE OS UNIVERSOS, TANTO QUANTO OS MICRÓBIOS SABEM SOBRE AS GALÁXIAS !!!